sábado, 1 de setembro de 2012

HORTELÃ, AROMÁTICA E REFRESCANTE

Hortelã_GF

Hortelã

A mais conhecida das diversas variedades de Hortelã é aquela plantinha rasteira que pertence à família das plantas Lamiacaee. Originária dos países asiáticos, ficou famosa na Europa devido às suas propriedades aromáticas. O seu óleo essencial é utilizado na perfumaria, farmácia e no fabrico de bebidas doces. Suas folhinhas aromáticas são geralmente utilizadas frescas, mas podem ser guardadas também. Hortelã é excelente no tempero de molhos para saladas, sopas, carne, peixes. Muito popular na cozinha árabe. Gostosa em refrescos e complemento de drinques (mint julep). Hortelã faz um licor saboroso para se tomar com gelo moído. Vai bem em geleias também.

Cheiro agradável e refrescante, sabor levemente picante. O chá é muito utilizado no Oriente-médio. Usa-se as folhas frescas, em saladas, maioneses, molhos, doces, pudins, cremes, refrescos, enfim, um uso diverso para a Hortelã. Pode se picar e pulverizar em pratos quentes, mas já na hora de servir. Não pode faltar no Quibe, seja assado ou frito. Acompanha muitos pratos árabes.

OS BENEFÍCIOS
A infusão da Hortelã é a bebida refrescante mais popular. Da sua composição fazem parte as vitaminas A, B, C e os minerais (cálcio, fósforo, ferro e potássio). Esta planta possui propriedades antissépticas e ajuda a combater gripes, dores de cabeça e nas articulações.
A Hortelã é uma planta herbácea e vivaz que possui inúmeras raízes subterrâneas e caules bastantes ramificados. As suas folhas são verdes, opostas e dentadas, de onde nascem flores lilases. A planta prefere solos frescos, húmidos e férteis, e locais com alguma iluminação.

UTILIZAÇÕES
Na Saúde: em forma de óleo, serve para o alívio de dores musculares ou articulares. A Hortelã ajuda na digestão e é um bom antipirético.
Na Culinária: é um excelente tempero para sopas, caldos e saladas. É um bom aromatizante para chás, sumos e sobremesas, bem como um ornamento para a sua decoração.
Contra-Indicações: a Hortelã não tem efeitos indesejados. Já no caso do seu óleo essencial, este não deve ser aplicado sobre a pele desidratada, uma vez que pode ter um efeito irritante, nem na pele de crianças pequenas.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário e volte sempre!!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favoritos More