sexta-feira, 23 de novembro de 2012

CRAVO-DA-ÍNDIA

Cravo

Cravo-da-índia (Syzygium aromaticum)

O cravo tem origem nas Filipinas e nas Ilhas Molucas e é utilizado há milênios na preparação de perfumes e como tempero. Na Europa era uma raridade, passando a ser importado pelos portugueses após descobrirem o caminho marítimo para as índias.

Os cravos estão disponíveis inteiros ou moídos e podem ser usados em doces de compota, pudins, bolos, pães, vinhas d’alhos, peixes, molhos chutneys, etc.

A semente, com o cabinho, é decorativa e aromática. Bom para doces brasileiros e compotas. Em pó tem sabor forte, ao mesmo tempo doce e picante. Tem que ser usado com moderação em bolo de carne, caldos, ensopados e chás.

Tem a forma de um pequeno botão de flor e aroma forte e picante. Utiliza-se inteiro em doces de frutas, sejam em calda ou em pasta. É empregado também em bebidas, como quentão e vinho quente à brasileira. Em pó (pequena quantidade), serve para temperar carnes, ensopados e recitas de bolos, tortas e pães.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário e volte sempre!!

Compartilhar

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favoritos More